Do leitor

A perder de vista

Há meses estou aguardando o INSS refazer meus documentos e nada até o momento. Peço ajuda novamente ao jornal Cruzeiro do Sul e agradeço.

Em resposta ao INSS tenho os seguinte a dizer: não funciona como estão dizendo na resposta enviada por eles. No dia 15/2/2019, consegui sim agendar o atendimento em tempo recorde, e recebi duas mensagens por e-mail da ouvidoria dizendo que caso eu não fosse até 13/3 na agência meu pedido seria indeferido. Como assim???? Bom, estando eu lá na agência, foi o mesmo procedimento. Ou seja, fiquei 40 minutos aguardando digitalizarem duas folhas, uma na qual afirmei que a documentação era aquela mesma e outra do pedido que foi feito anteriormente (a solicitação anterior), então creio que a principal pendência seja a má vontade. E minha ida lá foi para reforçar a ideia de que se perdeu pelo (meio do) caminho a solicitação feita anteriormente. Trocando-se em miúdos: eu cumpri com minha obrigação agora espero fielmente que vocês sejam breves com a sua. Vou aguardar até quando esse descaso? Peço que resolvam de uma vez essa novela, ainda tenho de levar (o documento) em outro local que espero não ser a vapor como o INSS.

ROSELI MARIA ROQUE GIROTO

RESPOSTA INSS: Encaminhamos a reclamação da sra. Roseli Maria Roque Giroto para a área técnica do INSS e aguardamos a resposta. A segurada pode acompanhar o seu pedido pela pela internet, no endereço meu.inss.gov.br. Para utilizar esse serviço é necessário se cadastrar e obter senha no próprio site. Os cadeados na página indicam quais os serviços precisam de senha. Em caso de dúvida, é possível ligar para o telefone 135.

NOTA DA REDAÇÃO: A leitora enviou uma carta para esta coluna, reclamando da demora na confecção do documento, que foi respondida e publicada em 15 de fevereiro de 2019. Na ocasião o INSS afirmou que a contribuinte precisava apresentar documentos complementares e que já havia agendado com a reclamante para que isso fosse feito e as pendências resolvidas.

Comentários

ÚLTIMAS

CLASSICRUZEIRO